Explore o Espeleoturismo

Espeleoturismo: esta palavra um pouco esquisita se lida pela primeira vez diz respeito à um esporte radical incrível que se trata da exploração turística de cavernas. Essa atividade se baseia em explorar o interior de cavernas ou grutas, lapas e tocas, com segurança e apreciando as belezas naturais encontradas durante o passeio dentro delas.

Origem do Espeleoturismo

Este esporte surgiu no século XIX através de um francês chamado Edouard Alfred Martel. Portanto, ele é considerado o pai da espeleologia (ciência que estuda as cavidades naturais e outros fenômenos cársticos, como por exemplo as cavernas e grutas). Ele foi o responsável por todo o desenvolvimento e divulgação desse estudo.

Segurança no Espeleoturismo

Para realizar esse esporte você precisará contratar uma empresa de turismo que possua o Sistema de Gestão de Segurança (SGS). Também é importante que tenha certificado para essa atividade. Pode ser um esporte perigoso se não for conduzido da forma correta e por empresas que cumpram as normas técnicas referentes à atividade.

Algumas dicas de ouro que podem te ajudar ao realizar esse passeio são: use sempre capacete, vá com roupas leves e use um tênis com solado antiderrapante. Tenha sempre duas fontes de iluminação – uma presa no capacete e outra na sua mão (fixa no punho com alça, para evitar que você a perca). É sempre bom levar algumas pilhas extras caso as de sua lanterna se acabem durante todo o percurso.

A prática do Espeleoturismo

Esse esporte de forma geral pode ser praticado por adultos, crianças e idosos, dependendo dos desafios dentro de cada caverna. Alguns percursos podem ser mais intensos do que outros. É bom verificar o grau de dificuldade de cada um antes de se aventurar neles. É importante estar bem hidratado e alimentado antes de começar a sua jornada.

Como qualquer outro esporte radical, o espeleoturismo tem alguns riscos. Por isso é muito importante realizá-lo com uma empresa de confiança. Existe a possibilidade de animais peçonhentos estarem dentro da caverna. O uso de perneira ou outro equipamento de proteção, pode ser necessário. Se você sofre com claustrofobia ou apenas não se sinta confortável com locais fechados, talvez este não seja o esporte recomendado para você. É provável que grande parte de toda a trajetória terá iluminação apenas de lanternas, podendo ser um percurso muitas vezes apertado e com pouco espaço para locomoção. É um esporte praticado em grupo, por questões de segurança. Mantenha-se perto de seu grupo para que não exista o risco de você se perder.

Locais para realizar o Espeleoturismo

Existem milhares de opções pelo Brasil, analise a que melhor se enquadra no seu perfil. Algumas sugestões de locais são: Serra da Bodoquena em Mato Grosso do Sul, Bonito no Mato Grosso do Sul, Circuito das Cavernas em São Paulo, Circuito das Grutas em Minas Gerais, Parque Nacional de Ubajara no Ceará, Parque Estadual de Terra Ronca em Goiás e Parque Estadual de Vila Velha no Paraná. O Brasil é um país privilegiado por suas belezas naturais. Como resultado contém inúmeras opções para se aventurar em suas grutas e cavernas.

O espeleoturismo é ideal para pessoas que, assim como eu, querem viver momentos únicos. Sobretudo cercados por natureza e toda a magia que ela tem a oferecer. Lembre-se de procurar por agências de turismo especializadas e que te trarão toda a segurança e técnicas necessárias para que sua jornada seja tranquila e te traga ótimas memórias, sem correr perigos ou apertos desnecessários. Pegue a sua mochila, lanternas, roupas leves, tênis confortável. Hidrate-se bem e se prepare para uma aventura que com certeza irá lembrar para sempre!

Por | 2018-05-15T11:33:55-03:00 26 / março / 2018|Espeleoturismo|